Porquê fazer o high school no estrangeiro?

05 Agosto 2019 | 133

Porquê fazer o high school no estrangeiro?

Para além de te proporcionar uma das tuas melhores experiências de vida, dar uma perspetiva alargada sobre outras realidades, desenvolver as competências linguísticas e impulsionar o desenvolvimento pessoal, existem muitos outros benefícios em participar em programas de intercâmbio para alunos no ensino secundário como por exemplo o contacto com metodologias de ensino bastante diferentes das de Portugal. Porém, um dos principais, é que ao te inscreveres na faculdade ou posteriormente no mercado de trabalho, uma experiência no estrangeiro pode ajudar nas tuas candidaturas académicas e/ou profissionais.

Como encontrar o programa de high school ideal para mim?

Existem muitos programas de high school no estrangeiro que vão desde fazer o ensino secundário inteiro, a programas com a duração de um ano ou até, de apenas um semestre.
O nosso conselho no que toca a encontrar o programa de high school ideal para ti é contatar uma agência educativa ou um agente especializado em high school. No caso de queres frequentar uma boarding school, podes contactar directamente com a escola para qual desejas ir, pois, na sua grande maioria, estas escolas têm gabinetes com profissionais especializados que te ajudam no processo de candidatura e requisitos/procedimentos de recrutamento distintos.

Preparação para um programa de high school

Estudar neste tipo de programas exige bastante preparação. Tendo isso em consideração, recomendamos que comeces esse processo com oito meses de antecedência antes do prazo final das candidaturas. Estas escolas têm deadlines bastante inflexíveis e assim que terminam, só poderás voltar a candidatar-te no ano a seguir.
Muitos destes programas de high school implicam ficar numa família de acolhimento, obrigando a um contacto prévio com estas famílias, a fim de partilharem as orientações sobre a estadia e se organizarem mútuamente. Também é importante dar algum tempo para que a tua família e a família onde irás ficar, se possam conhecer e trocar ideias para tornar a tua experiência o mais confortável possível.
Para além disto, é necessário teres um nível médio de inglês ou preferencialmente, conhecimento da língua nativa do país para onde irás passar os próximos meses. Se não for o caso, terás de ter aulas para que possas aprender a comunicar, o que, pode levar a alguns meses de preparação antes de viajares, sendo por isso tão importante começares este processo com a maior antecedência possível.